Três Lagoas: Vacinação contra Covid-19 deve começar nesta quarta-feira (20)

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Covid-19 está prevista para começar nesta quarta-feira (20) em Três Lagoas dando prioridade para os profissionais da Saúde. Em seguida, os idosos acima de 75 anos serão imunizados. A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) deve receber 6.766 unidades da vacina correspondente à primeira das duas doses necessárias do imunizante.

Adquiridas e enviadas pelo Ministério da Saúde para o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, que se responsabiliza pela distribuição aos municípios, as vacinas de Três Lagoas devem ser entregues na quarta-feira (20), mesmo dia em que será iniciada a vacinação. A segunda dose ainda não tem data definida pelo Ministério da Saúde para ser enviada.

“O Ministério da Saúde elencou dentro do seu Programa Nacional de Imunização – PNI – os grupos de prioridade e, os municípios adaptaram para a sua realidade. Vamos priorizar os profissionais de Saúde como o grupo a ser o primeiro a recebe a vacina, pois são eles que estão na linha de frente do atendimento e combate ao vírus desde o início, consequentemente, mais expostos à doença”, comentou Elaine.

Angelo, por sua vez, destacou a importância da vacinação para que seja possível começar a frear a pandemia. “Desde dezembro demonstramos ao Instituto Butantã o nosso interesse em adquirir vacinas para nossa população, porém o Governo Federal entendeu ser melhor centralizar a aquisição das doses e, assim, fazer a distribuição dimensionadas por Estado. Mas, caso seja necessário e tiver a possibilidade, vamos comprar vacinas para que a nossa população seja imunizada contra o Coronavírus”, enfatizou.

CUIDADO AINDA SERÁ NECESSÁRIO

Elaine destaca que, mesmo com o começo da vacinação contra o Coronavírus, ainda são necessários o isolamento social e os cuidados sanitários. “O início da vacinação não significa que devemos baixar a guarda, pois essa é apenas a primeira dose de duas que são necessárias para que as pessoas que receberam consigam desenvolver imunidade real contra o vírus”, explicou.

ATO SIMBÓLICO DA PRIMEIRA VACINA

Em ato simbólico, com a presença do Prefeito Angelo Guerreiro e da secretária Municipal de Saúde, Elaine Furio, o primeiro profissional de saúde a ser vacinado será uma funcionária da Unidade de Pronto Atendimento (UPA-24h), que há 12 anos trabalha na Rede Municipal de Saúde, lançando oficialmente a Campanha Eu Abraço a Vacina – #VacinaTrês Lagoas.

GRUPOS PRIORITÁRIOS

Três Lagoas deve receber do Ministério da Saúde, por meio do Estado de Mato Grosso do Sul, 6.766 doses do imunizante que atenderá, na Fase 1, os seguintes grupos nas datas:

Dias 20, 21 e 22 de janeiro de 2021 – Profissionais de saúde em atividade na Rede Municipal, Hospital Auxiliadora e Hospital Cassems, que serão imunizados nos seus locais de trabalho.

23 de janeiro de 2021 (Sábado) – Idosos a partir de 60 anos institucionalizados, que serão imunizados no local onde estiverem.

25 de janeiro de 2021 (segunda-feira) – Idosos a partir de 75 anos pré-cadastrados pelas Unidades Básicas de Saúde mais próximas de sua casa, que serão imunizados no postinho do bairro. Caso tenha dúvidas sobre o cadastro, o cidadão (ã) deve entrar em contato pelo Whatspp 67 99324-0361.

30 de janeiro de 2021 (Sábado) – Demais profissionais de saúde da rede privada. Que serão imunizados na Clínica da Mulher, Clínica da Criança e Centro de Especialidades Médicas (CEM).

É PRECISO PARA SE VACINAR

Todas as pessoas dos grupos prioritários devem levar o CPF e Cartão SUS. Os profissionais de saúde, além desses dois documentos pessoais, devem apresentar Registro Profissional Ativo.

NÚMEROS POR GRUPO

Segundo a estimativa populacional para a Campanha Nacional de Vacinação contra Covid-19 2021 informada pelo estado de MS nesta primeira fase será:

Trabalhadores de saúde: 3.242

Idosos com 75 anos ou mais: 3.524

Idosos com 60 anos ou mais (Institucionalizados – Asilos e outros): 90

QUEM NÃO PODE RECEBER A VACINA

•          Pessoas menores de 18 anos de idade (o limite de faixa etária pode variar para cada vacina de acordo com a bula);

•          Gestantes;

•          Para aquelas pessoas que já apresentaram uma reação anafilática confirmada a uma dose anterior de uma Vacina COVID-19;

•          Pessoas que apresentaram uma reação anafilática confirmada a qualquer componente da(s) vacina(s).

CONTROLE DA APLICAÇÃO

Assim como exige o Ministério da Saúde, toda pessoa receberá um comprovante de vacinação e a aplicação lançada no mesmo momento no sistema informatizado de controle de vacinação. Além disso, cada dose é individual, ou seja, cada unidade da vacina imuniza apenas uma pessoa, diferente de outros imunizantes que permite a diluição e diversas utilizações do conteúdo da mesma ampola.

“Como temos todas as pessoas dos grupos prioritários devidamente cadastrados/indicados, teremos um controle sobre o uso das doses, que serão aplicadas apenas naqueles que de fato fazem parte dos grupos prioritários de cada fase”, explicou Elaine.

Por: PMTL                                                              Foto: Reuters

Veja também

4,936FãsCurtir
7,707SeguidoresSeguir
156,877InscritosInscrever

WebRádio Plenitude

- Publicidade -

Últimas Notícias