Suzano assina Pacto Empresarial contra a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes nas rodovias brasileiras

Suzano assina Pacto Empresarial contra a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes nas rodovias brasileiras
Com o Programa Na Mão Certa, empresa busca sensibilizar seus colaboradores para atuarem como agentes de proteção dos direitos da criança e do adolescente em Mato Grosso do Sul pelo fim da violência sexual

A Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, assume o compromisso de proteger a crianças e adolescentes  contra o abuso e a exploração sexual em Mato Grosso do Sul.  O Pacto Empresarial contra a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes nas rodovias brasileiras, assinado em 30 de setembro deste ano,  terá seus compromissos transformados em ações por meio do Programa Na Mão Certa, uma iniciativa da Childhood Brasil que tem como objetivo conscientizar e sensibilizar os colaboradores da empresa para atuarem como agentes de proteção dos direitos de crianças e adolescentes.

“A Suzano sabe do poder de transformação e da responsabilidade social que tem com as regiões em que atua. Por isso, temas como a prevenção e o enfrentamento da violência contra mulheres, crianças e adolescentes sempre estiveram presentes em nossas ações. O que fizemos foi assumir o compromisso público com esta causa, unindo forças com a Childhood Brasil para intensificarmos nossas ações em prol do fim da exploração sexual de crianças e adolescentes”, destaca Israel Batista Gabriel, coordenador de Desenvolvimento Social da Suzano.

O Pacto Empresarial, iniciativa da Childhood Brasil, em parceria com o Instituto Ethos de Empresas e Responsabilidade Social e apoio da Organização Internacional do Trabalho, é um compromisso público de engajamento no movimento criado pelo Programa Na Mão Certa. A principal estratégia do programa é apoiar empresas e entidades empresariais na sensibilização e educação continuada de motoristas e caminhoneiros para que sejam agente de proteção nas rodovias brasileiras.

A Suzano abraçou esta causa com ações que envolverão todos os seus colaboradores, entre próprios e terceiros. Na implementação do programa, serão realizadas ações de engajamento como palestras, encontros e treinamentos no formato virtual, além de campanhas de conscientização e distribuição de materiais informativos. 

 O plano de ações estratégicas para 2021 já está em construção pelo time da Desenvolvimento Social da Suzano, em parceria com a Childhood Brasil. A expectativa é que o programa seja levado para outras unidades da Suzano no próximo ano.

Conforme dados da 7ª edição do mapeamento, realizado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e divulgados pela Childhood, por meio do Projeto Mapear, entre 2017 e 2018, foram identificados 2.487 pontos vulneráveis à exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias federais do Brasil. O mapeamento abrangeu em torno de 65 mil quilômetros de rodovias federais, distribuídos pelos 26 estados e o Distrito Federal.

A Childhood Brasil e o Programa Na Mão Certa

A Childhood Brasil é uma organização brasileira que integra a World Childhood Foundation (Childhood), instituição internacional criada em 1999 pela Rainha Silvia da Suécia, com o objetivo de promover a proteção de crianças e adolescentes contra a violência sexual.

O Programa Na Mão Certa foi lançado em 2006 pela Childhood Brasil, visando a erradicação da exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias brasileiras. O Programa está alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU (Organização das Nações Unidas), divulgados em 2015.

Sobre a Suzano

A Suzano, empresa resultante da fusão entre a Suzano Papel e Celulose e a Fibria, tem o compromisso de ser referência global no uso sustentável de recursos naturais. Líder mundial na fabricação de celulose de eucalipto e uma das maiores fabricantes de papéis da América Latina, a companhia exporta para mais de 80 países e, a partir de seus produtos, está presente na vida de mais de 2 bilhões de pessoas. Com operações de dez fábricas, além da joint operation Veracel, possui capacidade instalada de 10,9 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papéis por ano. A Suzano tem mais de 35 mil colaboradores diretos e indiretos e investe há mais de 90 anos em soluções inovadoras a partir do plantio de eucalipto, as quais permitam a substituição de matérias-primas de origem fóssil por fontes de origem renovável. A companhia possui os mais elevados níveis de Governança Corporativa da B3, no Brasil, e da New York Stock Exchange (NYSE), nos Estados Unidos, mercados onde suas ações são negociadas.

Por: Assessoria Suzano                                                 Foto: Divulgação 

Deixe seu comentário