Santo Anastácio: Cruzeiro do cemitério da saudade precisou ser destruido para extração de duas seringueiras.

Foto: Divulgação

CRUZEIRO DO CEMITÉRIO DA SAUDADE PRECISOU SER DESTRUIDO PARA A EXTRAÇÃO DE DUAS SERINGUEIRAS QUE APRESENTAVAM RISCO AO LOCAL

O Cruzeiro do Cemitério da Saudade precisou ser destruído na manhã de hoje, isso porque nesta segunda-feira (8), começou uma obra de remoção das árvores que apresentam risco iminente de queda no local.

Pela inércia de anos na execução dos serviços, a destruição de túmulos e jazidos ocasionados pelos troncos e galhos caídos, se agravou ainda mais.

De acordo com o secretário de Vias Urbanas e Rurais Sérgio Bonfim, a situação precisava ser resolvida o quanto antes.

“Não tinha mais como empurrar esse problema com a barriga, foram anos e anos de “jeitinho dado”, realmente o serviço de extração de árvores condenadas é bem complicado, principalmente pelo local em que elas se encontram, destruir o cruzeiro não foi uma opção, mas sim uma necessidade da execução dos trabalhos. Após a obra concluída, iremos fazer um novo Cruzeiro no local”, declara.

Para concluir esta obra em tempo ágil, cerca de 10 funcionários estão trabalhando intensamente na execução dos serviços, os trabalhos também estão sendo supervisionados pelo setor da Secretaria Ambiental, que acompanha o passo a passo do processo.

Após a conclusão deste serviço, a Secretaria de Urbanismo vai fazer o levantamento das sepulturas danificadas e começar o trabalho de recuperação estrutura dos túmulos.

Por: PMSA

Veja também

4,936FãsCurtir
7,707SeguidoresSeguir
156,877InscritosInscrever

WebRádio Plenitude

- Publicidade -

Últimas Notícias